Contos de fadas.


Em um colégio como qualquer outro, havia um menino e uma menina. Os dois eram da mesma sala, no primeiro ano que eles se conheceram, um nem ligava para o outro, ele era como se fosse qualquer outro menino da sala para ela, e ela era como se fosse qualquer outra menina da sala pra ele. Um não se importava com o outro. 
Até que no ano seguinte houve algumas mudanças, ele começou a reparar nela, e ela começou a reparar nele, não se sabe como isso aconteceu, eles simplesmente começaram a reparar um ao outro, quem sabe não foi o destino ou coincidência. 
Ele começou a observar aquela menina, ela não tentava de destacar perto das outras meninas, a não ser pela parte que aquela menina tirava as melhores notas, e fosse até bonita. Ele notou a presença dela primeiro. Até porque naquele ano aquela menina não queria se interessar por ninguém, seu maior objetivo era o estudo e estava tentando não se ligar a nenhum menino. 
Mas, aquela menina não conseguiu se dedicar apenas aos estudos, ela acabou se interessando pelo menino. Em dia como qualquer outro na aula de Educação Física o menino se lembrou dela, até porque ela não era muito fã de fazer exercícios, ele brincou com ela, e foi ai que ela notou a presença dele. 
Nos dias de aula normal, a menina começou a reparar que ele ficava olhando pra ela, no inicio ela achou que estava ficando doida, porque aquele menino relativamente bonito e totalmente diferente iria reparar nela? E assim começou.
Os dois trocavam olhares, e quando um ignorava o outro, eles se sentiam mal, como se estivesse faltando alguma coisa. A menina decidiu que não iria dar esperanças a qualquer sentimento que estivesse nascendo. Porque ela queria se dedicar aos estudos e pronto. E aquele menino não estaria interessado nela, ela não se julgava interessante para ele. Ela tentou ignorar os olhares, mas como sempre não conseguiu.
Ela decidiu contar a sua amiga o que estava acontecendo, e a amiga selecionou os meninos que ela poderia estar interessada na sala e como qualquer melhor amiga ela acertou o menino. A menina perguntou a amiga porque você achou que seria ele? E a amiga respondeu: é simples, eu já havia reparado que ele olha pra você, e sei lá, eu acho que vocês combinam. Pronto. A menina já estava mais interessada no menino. 
O menino começou a se aproximar da menina, a puxar assunto, e a menina é claro correspondia. O menino tinha dificuldade nas matérias que ela tinha facilidade e vice versa. Assim eles se aproximaram, e começaram como amigos. Até que um dia depois de muito tempo de coragem o menino decidiu de declarar a menina e a dizer que estava gostando dela.
A menina ficou tímida e não sabia o que dizer, ela disse que também gostava dele, mas que os dois não dariam certo. Eles eram muito diferentes. O menino disse que não importava, e que os dois iriam superar as diferenças. Mas a menina ligava muito para o que os outros falavam, e disse que não queria ser julgada pro todos da sala, e que os pais dela não aceitariam um namoro. O menino foi pra casa triste, porque ele gostava dela e ela gostava dele, mas eles não podiam ficar juntos.
Depois de uma semana, o menino pediu a menina em namoro e por incrível que pareça ela aceitou. E foi incrível para os dois. Eles decidiram namorar em segredo, apenas a melhor amiga dela sabia e o amigo dele, ela criou coragem e contou a sua família e tudo correu bem.
Chegou o dia que eles decidiram não esconder mais o namoro, foi difícil muitos criticaram, houve briga entre os dois, mas eles continuaram juntos. Eles tem muito o que enfrentar ainda, e ela não acreditava que ele aquele menino relativamente bonito poderia gostar dela e gastar horas de seu dia pensando nela, e sentir ciúmes dela, e reparar em cada detalhe nela.
As vezes a pessoa que você menos imagina pode gostar de você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário