Diário de uma paixão

Capa do livro

Consegui esses dias parar um tempinho para ler, não me pergunte como (afinal estamos no final do ano), demorou um pouco mais que o normal mais finalmente terminei de ler o livro Diário de uma Paixão (nome original: The Notebook).
Uma amiga me recomendou este livro e o achei de promoção e resolvi comprar. De inicio não dei muito valor para ele, mas depois que eu realmente comecei a ler não quis parar. Não sei se você gosta de romances, mas esse merece dar um valor. 

Capa do filme 

Talvez esse nome te soe familiar já que existe o filme dele. Confesso não ter visto o filme inteiro ainda. Me lembro que minha mãe assistiu uma vez só que eu peguei só algumas partes que eu me lembre. Como todo filme feito de um livro existe algumas alterações (pelo o que eu li do resumo), mas depois que eu assistir o filme volto para contar o que achei. 
O trailer aqui em baixo.


Sinopse do livro:
“Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim, e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou.” Noah Calhoun. 
Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida. O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto raramente encontrado na literatura atual, o Diário de uma paixão, de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém.
(Sinopse retirada do site http://www.editoranovoconceito.com.br)


Então, gostaram? Quais outros livros vocês recomendam? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário